Iramaya

Documentário – 80’, 2017

Roteiro e Direção: Carol Benjamin

Montagem: Isabel Castro

Direção de Fotografia: Mauro Pinheiro Jr.

Pesquisadoras: Julia Benjamin e Julia Franceschini

Consultoria de Roteiro: Daniela Capelato, 

Marcelo Gomes e Miguel Machalski

Consultoria de Montagem: Karen Harley e Idê Lacreta

Produção Executiva: Danielle Villanova e 

Maria Flor Brazil

Produtores: Carol Benjamin, Leandra Leal e 

Rita Toledo

Produção e Realização: Daza Filmes

Sinopse: Iramaya Benjamin era casada com um Coronel do Exército até que seus dois filhos se engajaram na guerrilha clandestina contra a Ditadura Militar. O caso de seu caçula César – preso ao 17 anos e isolado em cela solitária por 3,5 anos – a forçou à luta política e Iramaya liderou uma ampla campanha que culminou na criação do Comitê Brasileiro pela Anistia. Conhecida hoje como a “Mãe da Anistia” no Brasil, Iramaya, no entanto, experimentou uma profunda crise pessoal quando a democracia foi reestabelecida e sua vida voltou ao normal após 10 anos de luta. O documentário parte da busca de sua neta Carol que, após a morte da avó, encontrou uma caixa cheia de cartas íntimas escritas por Iramaya ao longo de 36 anos (1972-2008).

. Premiado pela 2a edição do Programa Histórias que Ficam, 

da Fundação CSN

. Selecionado para o Pitching Documental do DocMontevideo 2015,

com consultoria de Koen Suidgeest e Marta Andreu

. Selecionado para o 9.Doculab Rough Cut Lab do Festival International de Guadalajara 2017

 

reguadazaira