A Daza Filmes busca realizar projetos inovadores, capazes de promover reflexão acerca do mundo em que vivemos e atuar de forma diferenciada na economia da cultura no Brasil. Apesar de oficialmente criada em 2010, a Daza já existe há mais tempo no desejo de cada uma de nós. A ideia de pensar sobre o cinema e de produzir da forma em que acreditamos sempre nos motivou. O nascimento da produtora selou uma união de forças em busca da realização de tudo que idealizamos, individual e coletivamente. A palavra “parceria” ganhou novos significados e somou conceitos como risco, intuição, rigor e profissionalismo. Para nós, fazer bem, é fazer com vontade! Nós produzimos o que queremos ver. Seja um filme, um festival, um espetáculo ou qualquer obra artística com um bom conceito e uma forte motivação.

A Daza não pretende reproduzir modelos culturais prévios, mas pensar outros caminhos e aprender sempre algo novo no processo. Como diria Orson Welles, experimentar é o que mais nos entusiasma! Acreditamos que cada projeto tem suas especificidades e seu próprio caminho de realização. Por isso, a forma da Daza se molda em função dos projetos que realiza, que estão apresentados aqui neste espaço virtual.

Agradecemos a visita!

Carol Benjamin, Leandra Leal e Rita Toledo

Mecanismos de incentivo e fundos de investimentos conquistados

Canais de televisão parceiros

Distribuidoras parceiras

Empresas e institutos parceiros

Produtoras parceiras

Atividades de Mercado e Prêmios recebidos
Projeto-Ofício-de-Mãe-Rita-Toledo-e-Carolina-Benjamin1

Carol Benjamin
Sócia-fundadora

Responsável pela condução da Daza Filmes desde sua fundação, Carol está envolvida – como produtora, roteirista e/ou diretora – em todos os projetos da produtora. Graduada em Comunicação Social pela PUC-Rio, concluiu curso livre de Roteiro Cinematográfico da EICTV - Cuba, e curso intensivo de Roteiro de Séries de TV oferecido pela Universidade de Columbia (EUA) no Rio de Janeiro. Carol ministrou oficinas de Adaptação Literária, Roteiro e Argumento na cidade de São Luís, e foi curadora e produtora executiva do Festival Maranhão na Tela por vários anos. Em 2007, empreendeu uma livraria de cultura dentro do Cinema Odeon, na Cinelândia, onde criou o Festival Adaptação, que veio a ser o primeiro projeto da Daza. Antes disso, trabalhou como repórter, assistente de produção e de edição no Canal Futura.

Projeto-Ofício-de-Mãe-Rita-Toledo-e-Carolina-Benjamin1

Rita Toledo
Sócia-fundadora

Bolsista Fullbright-CAPES, atualmente estuda roteiro na American Film Institute Conservatory em Los Angeles, EUA. Mestra em Comunicação Social pela ECO-UFRJ, Rita graduou-se em Ciências Sociais pela UFRJ e cursou a Escola de Cinema Darcy Ribeiro. Há 10 anos, vem atuando como roteirista em produções nacionais e internacionais. Seus últimos trabalhos foram “O Pequeno Dicionário Amoroso 2”, com o roteirista Paulo Halm para a diretora Sandra Werneck, e “Sedução”, para Zelito Viana. O primeiro roteiro de longa-metragem de sua autoria, “Noites de Reis” foi premiado pelo Ministério da Cultura e passou por laboratórios importantes na Espanha e no Chile antes de ser produzido pela Deserto Filmes, com direção de Vinícius Reis.

leandraleal

Leandra Leal
Sócia-fundadora

Atriz, diretora e produtora. Além dos projetos realizados pela Daza, dirigiu um videoclipe – "Na Veia", do grupo Cordel do Fogo Encantado – e dois espetáculos teatrais – “Impressões do meu quarto”, com textos próprios, e “Mercadorias e Futuro”. É curadora e sócia proprietária do Teatro Rival Petrobras. Como atriz, começou sua trajetória no cinema aos 13 anos, quando protagonizou "A Ostra e o Vento", de Walter Lima Jr. Atuou em 23 longas-metragens e recebeu 22 prêmios, dentre eles Biarritz (França), Fenix (cinema Ibero-americano), APCA, Gramado, Festival de Recife, Academia Brasileira de Cinema e Festival do Rio, além de ter atuado em doze novelas, sete minisséries, cinco seriados e seis peças de teatro.